Práticas de Black Hat x White Hat no Link Building

Práticas de Black Hat x White Hat no Link Building

Se você é um webmaster, e há um link que você está empenhado em compartilhar com os usuários de seu site e quer ter certeza que as pessoas vão encontrá-lo e clicar, onde em seu site você poderia inseri-lo? Em algum lugar que é o mais visível, certo? Bem, o Google descobriu como as posições dos links são importantes, então um link para o seu site, que está no rodapé ou em uma barra lateral da página, não terá tanta importância e visibilidade quanto um link encontrado no topo ou no corpo principal da página.

O Google também calcula o agregado da sua posição de links. Então, se a maioria de seus links sempre forem encontrados no rodapé de um site, ele não terá efeito positivo em sua classificação ou força do site, porque o Google achará que seu site pode não ser tão bom para usuários, porque se fosse, por que está colocado no rodapé? Portanto, é melhor certificar-se de que seus links não sejam predominantemente em áreas de páginas que não refletem muito bem a qualidade do seu site. Tente obter links que lhe proporcionem uma posição em conteúdo, e não na barra lateral ou na parte inferior da página.

Bom isto foi só uma dica que considero importante, vamos então ao assunto de nossa Aula:

Link Building bons versus Link Building ruins

Como todo o mundo do SEO sabe, o Link Building também é uma questão de qualidade, padrões e ética. Você se lembra de como discutimos a diferença entre Black Hat SEO e White Hat SEO, além da zona intermediária entre eles às vezes referido como Grey Hat SEO. Nesta parte do capítulo, estaremos olhando para o que as técnicas de Black Hat SEO e White Hat SEO têm para oferecer e suas desvantagens.

White Hat Link Building

A prática do White hat link building vem com poucas armadilhas e as chances de incorrer em penalidades ou perda de tráfego são praticamente mínimas, pois funcionam bem com as diretrizes estabelecidas pelos mecanismos de busca como Google ou Yahoo !. As vantagens do White hat link building são, em primeiro lugar, que você não precisa se preocupar em ser penalizado pelos motores de busca, seja devido a filtros automatizados projetados para retirar spammers ou ser punidos manualmente porque você foi notado. Em segundo lugar, o White hat link building garante um futuro mais seguro e o ajuda no desenvolvimento de ativos que atenderá bem aos seus usuários reais, oferecendo resultados que são menos propensos a desaparecer de um dia para outro.

No entanto, existem algumas desvantagens para quem trabalha dentro das regras. As táticas de White Hat dá seus resultados no longo prazo, não que elas não sejam muito boas para fornecer soluções rápidas ou resultados instantâneos, o que talvez você esteja precisando. Uma vez que as estratégias de White Hat não são tão agressivas quanto seu primo Black Hat, ele geralmente tomam seu tempo precioso se deseja conseguir um impacto significativo na geração de tráfego e nos lucros.

Abaixo estão alguns exemplos de estratégias de White Hat que você deve desenvolver:

  • Desenvolver conteúdo criativo, único e relevante, baseado na satisfação do usuário.
  • Criar uma comunidade online autêntica que seja atrativa e produtiva, permitindo que os usuários interajam com o site e com outros usuários.
  • Promoção de um site para pessoas reais e blogs relevantes que seja pessoal e sincero.



Black Hat Link Building

Black Hat começou como um eufemismo para hackers, mas no contexto do mundo de SEO Black Hat significa o uso de técnicas ou práticas que se encontram fora das diretrizes e limites estabelecidos pelos mecanismos de busca e às vezes podem constituir violações graves que podem prejudicar a reputação e funcionamento de um site ou empresa.

A essência de todas as estratégias de Black Hat é encontrar áreas fracas nos algoritmos dos mecanismo de busca ou codificação de aranhas e ganhar rankings para sites que não são merecedores deles.

Embora as estratégias de Black Hat possam oferecer resultados surpreendentes em um curto espaço de tempo, sem a necessidade de desenvolvimento de conteúdo real ou ganhando links e construindo relacionamentos com outros blogueiros ou proprietários de sites, esses sucessos normalmente também são de curta duração, porque os motores de busca estão no controle constante para combater as práticas de SEO Black Hat. Uma vez pego, geralmente resulta em pesadas penalidades, perda de tráfego, queda de reputação e confiança, e a óbvia despedida dos rankings ganhos.

Uma vez que venha se recuperar das penalidades, a má reputação com os mecanismos de busca pode ser um caso tedioso, é melhor evitar técnicas de Black Hat, pois quaisquer benefícios temporários obtidos não valem os riscos.

A importância de permanecer no lado do White Hat

Quando você inicia uma empresa online, você prevê uma configuração que tenha valor, potencial de crescimento e sustentabilidade num futuro próximo, com crescimentos razoáveis anos após ano. Para que isso aconteça, é crucial traçar uma estratégia que ofereça resultados a médio e longo prazo, garanta a sobrevivência de seu negócio e tenha menos ameaças e riscos de desastre ou falhas. Isso é tão verdadeiro para empresas ou organizações ofline como é para aquelas que estão online.

No contexto de negócios e interesses na internet, isso não é possível sem uma relação saudável, sustentável e cooperativa com os mecanismos de busca, e que apenas as estratégias de White Hat podem garantir. As táticas de White Hat garantem que você não precisa estar em alerta constante quando se trata de penalidades dos mecanismos de busca ou que todos os seus esforços sejam desperdiçados da noite para o dia, e ver perdido o tráfego e receitas valiosos junto com ele. Você acha que as empresas mais bem sucedidas arriscam ter seu site sem tráfego ou receita mesmo que seja por um dia?

Em segundo lugar, o desenvolvimento de White Hat traz uma contribuição positiva e real para a internet, o campo em que você está envolvido e para a vida de seus usuários e sua experiência online. Você não pode esperar em ter uma comunidade comprometida de clientes em que você pode confiar, não apenas para compras ou visitas, mas também para encaminhá-lo para outros, se você não possui uma estratégia centrada na criação de uma experiência de usuário positiva. Uma das melhores maneiras, senão a melhor maneira, de fazer isso é prometendo-lhes conteúdo que tenha utilidade, autenticidade e seja agradável.



Práticas para se evitar

Aqui estão algumas coisas para evitar se você quiser manter as práticas de SEO White Hat:

Compras de links
Em primeiro lugar, deve estar muito claro para você no que diz respeito à compra de links, é explicitamente contra as diretrizes do Google, e é uma violação tão grave que o Google não se esquivou de penalizar nem a mega empresas como JC Penny ou Mercedes. Então, se você é um iniciante de alguns meses ou tem um negócio relativamente bem sucedido e considerável, a compra de links tem graves repercussões e geralmente resultará em mais danos do que qualquer bem que possa trazer.

O Google está preocupado com os sites que funcionam bem nos resultados de pesquisa, porque eles ganharam isso em vez de porque podem pagar por isso. Esta é uma filosofia que realmente funciona em seu favor se você é um pequeno negócio com um orçamento relativamente baixo para publicidade ou SEO. Essas medidas estão em vigor para separar as finanças e a popularidade dos sites, de modo que a internet permaneça como um lugar democrático, que depende do conteúdo, não do dinheiro, para o florescimento.

Penalidades para práticas de Black Hat

O Google fez de exemplo muitas grandes empresas, um esforço para desencorajar as estratégias de Black Hat, e mostrar que as penalidades são para todos e que não existem exceções. Uma pena pode variar de alguns dias a semanas até um período indefinido durante o qual você deve corrigir o problema e convencer o Google de que você está arrependido e deseja que a penalidade deva ser revista.

Algumas penalidades são aplicadas manualmente por um membro da equipe do Google quando percebem uma violação, enquanto outros podem ser sancionados automaticamente por algoritmos porque um elemento em seu site tropeçou em um filtro das atualizações do Penguin ou Panda.

Interflora, que é a maior empresa de floricultura no Reino Unido, foi penalizada em fevereiro de 2013 por práticas relacionadas à Links de Black Hat. A pena durou onze dias e levou a sérios prejuízos de PR e de receita à Interflora.

Link trading

A negociação de links já foi uma prática útil através da qual sites similares com conteúdo relevante poderiam fazer trocas de links para melhorar a visibilidade e os rankings. No entanto, como muitas outras práticas legítimas, isso também foi usado em excesso e abusado por um grande número de SEOs e os links começaram a ser negociados, independentemente da qualidade ou relevância. Isso levou o Google a assumir uma posição firme sobre o que eles chamam de “intercâmbio excessivo de links”, que também pode ser penalizado.

A preocupação, novamente, era que os links deveriam ser obtidos por um blogueiro ou webmaster e não ser adquiridos por métodos fáceis, como sites de troca de links, onde centenas de links são colocados em um site enquanto não tem nenhuma relação ou motivo para estar lá.

Isso, é claro, não significa que o Google não possa perceber a diferença entre os usos positivos ou necessários da troca de links, como os blogueiros compartilhando regularmente o conteúdo do outro e fazendo acordos para se apoiar mutuamente na obtenção de audiências e visibilidade.

Continue lendo as demais aulas deste CURSO ONLINE GRÁTIS – Curso SEO – Otimização de Sites

Avalie esta página! Obrigado!

Práticas de Black Hat x White Hat no Link Building
5 (100%) 1 vote

0 respostas em "Práticas de Black Hat x White Hat no Link Building"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

gyncursos.com.br © por GYN / Todos os direitos reservados