Recomendações para o consumidor


Os vendedores em geral recebem treinamento para se tornarem vendedores profissionais. Lojistas, órgãos de classe, universidades, entre outros, fornecem uma enorme variedade de cursos com o objetivo de impulsionar a força das vendas.

E os consumidores? Recebem algum tipo de treinamento para se tornarem consumidores conscientes de suas escolhas, ou, em outras palavras,“consumidores profissionais”? Normalmente não.

Você já tinha pensado nisso? Não seria bom se existissem também cursos para consumidores em vez de apenas cursos para vendedores?

Estratégias para conquistar o consumidor

Para nos tornarmos consumidores preparados, precisamos conhecer algumas das técnicas de vendas mais utilizadas.

    • Tamanho das letras: diferença de tamanho das letras no anúncio, para dar destaque ao que interessa ao lojista (exemplo: o valor da parcela em vez do custo total do produto).
    • Pequenas unidades de tempo: divisão do valor a ser pago em unidades menores de tempo. Em relação a parcelamentos, alguns vendedores informam o custo por dia, dando a falsa impressão de que o produto custa bem menos do que na realidade. Você já deve ter visto algo como “custa apenas R$3,99 por dia”. Faça as contas: R$3,99 por dia é a mesma coisa que R$119,70 por mês.
    • Apelo emocional: frases com forte apelo emocional dão uma sensação de facilidade e urgência para que o consumidor não “perca” a “oportunidade” oferecida. Você já deve ter visto frases do tipo “dinheiro fácil e rápido”,“compre hoje e pague só depois do carnaval” etc.
    • Preços que terminam com R$0,99: dão a impressão de serem “menores” e têm um impacto psicológico importante para o consumidor.

Técnicas de vendas dos supermercados

Nos supermercados, existem várias características que podem nos influenciar para um consumo não planejado. A começar pelo piso liso e pelo ambiente agradável, que nos mantêm por mais tempo para consumir. Precisamos estar atentos para identificar esses detalhes que afetam nosso comportamento.

Além disso, identificamos outras técnicas.

  • Embalagens e placas atraentes.
  • Produtos mais caros ou de marcas famosas ao alcance dos olhos e das mãos (das crianças e adultos).
  • Inexistência de relógios (para não ter pressa e ficar mais tempo)
  • Açougue e padaria ao fundo da loja (para fazer “passear” por todo ambiente).
  • Produtos associados (macarrão perto do queijo ralado e do molho de tomate).
  • Degustação de produtos.
  • Promoção de produtos com data de validade próxima (fique atento).Você conhece outras técnicas? Que tal anotá-las e compartilhá-las com seus amigos e familiares?


 
gyncursos.com.br © Desenvolvido por GYN SITES