Peças da Bateria


A bateria é um instrumento modular, podendo ser modificada de acordo com o gosto do baterista, não existe limites para Tons, Pratos, Caixas, Surdos e Bumbos, nem de acessórios como: Carrilhão, Agogô, Bloco Sonoro e etc.

Para o início do aprendizado deste instrumento é sempre recomendado usar uma Bateria Tradicional, sendo composta por: Caixa, Ton-Ton 1, Ton-Ton 2, Surdo, Bumbo, Chimbal, Prato de Condução e Prato de Ataque. Veja na figura abaixo:

image

Fig. 2 – Representação de uma bateria básica

  • BAQUETAS

    A Baqueta é a principal ferramenta do baterista, ela é a extensão dos braços e é com ela que tocamos. Há vários tipos de baquetas, com formas, pesos, espessuras e tamanhos diferentes. Cada baqueta tem a sua utilidade, que, pode variar desde o estilo musical a ser tocado, do ritmo que será executado ou o ambiente em que se está tocando, contudo, vai do gosto do baterista escolher as suas baquetas levando sempre em consideração o ambiente que tocará o seu instrumento.

    image

    Fig. 3 – Exemplificação de tipos de ponta de baqueta.

    image

    Há muitas baquetas que podem ser utilizadas, dentre elas, existem duas que são as mais usadas no tocar da bateria, que são: de madeira com ponta de madeira ou ponta de nylon. A ponta de madeira tem o som mais aveludado, suave, entretanto, tem um desgaste maior, e a ponta de nylon que tem o som mais brilhante, agudo, a sua ponta raramente se desgasta ou quebra e conserva melhor as peles da bateria.

    Existe também a relação de peso e espessura da baqueta, comumente elas têm o tamanho de 40cm, podendo variar. O seu peso depende da espessura e da madeira utilizada, essa relação é normatizada através de uma numeração, onde 9A é a mais leve e 2B a mais pesada. Definição de peso e espessura das baquetas tradicionais: 2B, 2A, 5B, 5A, 7B, 7A e 9A.

    image

    Fig. 4 – Ilustração da espessura das Baquetas.


 
gyncursos.com.br © Desenvolvido por GYN SITES