Diversidade no local de trabalho

Diversidade no local de trabalho



Quando uma organização tem funcionários de diferentes etnias e uma grande proporção de mulheres do que a média da indústria, naturalmente surge a questão de como combinar as diferenças entre esses funcionários sem causar muito atrito nas interações diárias.

O gerenciamento da diversidade é essencial, pois, caso contrário, o desempenho da organização é prejudicado e, pior, pode haver possíveis processos judiciais e emaranhados de funcionários que se sintam prejudicados devido a casos de discriminação e assédio com base em sua etnia ou gênero.

Questões no gerenciamento de diversidade

Um dos principais problemas na gestão da diversidade é lidar com a perspectiva da maioria e da minoria.

Naturalmente, há sempre uma maioria predominante de uma determinada raça ou etnia em uma organização e várias outras estão em grupos minoritários.

  • Considerando que a questão mais urgente no gerenciamento da diversidade surge do tratamento das mulheres, as questões de raça e gênero aparecem como os únicos impulsionadores no gerenciamento da diversidade.
  • Nos últimos tempos, essas questões vieram à tona devido à maior conscientização entre os grupos minoritários sobre seus direitos, bem como à aplicação disciplinada de leis e regulamentos que regem o comportamento no local de trabalho.

Assim, é do interesse da gestão de qualquer organização sensibilizar a sua força de trabalho para questões de raça e gênero e assegurar que o local de trabalho esteja livre de discriminação contra grupos minoritários e mulheres.

Sensibilização de Gênero

Dedicamos uma seção separada sobre sensibilização de gênero, porque quando comparada a outras questões na gestão da diversidade, esta é a mais urgente devido à preponderância das mulheres na força de trabalho, bem como tendências passadas que apontam para o surgimento desta questão única como a dominante que preocupa o espaço mental dos gerentes.

O aspecto preocupante sobre essa questão é que, apesar das políticas, regulamentos e regras que regem questões específicas de gênero na maioria das organizações, há poucas evidências para expressar que estão sendo seguidas.

Assim, o que é necessário é uma mudança de mentalidade, em vez de mais políticas, e isso só pode ser feito se a força de trabalho for sensibilizada para as necessidades das mulheres.




Clique em PRÓXIMA AULA abaixo para continuar este curso e receber um Certificado Digital gratuitamente ao concluir

CADASTRE-SE AGORA em nosso canal de Cursos em Vídeos no YOUTUBE para receber novos Cursos em primeira mão – youtube.com/c/GynCursosOnline

 
gyncursos.com.br © Desenvolvido por GYN SITES